Sobre a cortiça

Na região do Mar Mediterrâneo existem condições óptimas para o cultivo de cortiça natural, que é obtida a partir da casca de cortiça. Chuvas fortes, secas curtas, inverno ameno e solo fértil são fatores de sucesso do desenvolvimento adequado da arvore de cortiça.

O material cortiça é o tecido da cortiça arvore Quercus Suber, que cresce apenas em áreas específicas do Mediterrâneo Ocidental, incluindo o norte da África, sul da França, Itália, Espanha e Portugal. Em todo o mundo, o sobreiro cresce em uma área de 2,5 milhões de hectares. A maior área de florestas de arvore de cortiça se encontra em Portugal, onde nos últimos anos tem sido realizada uma campanha sistemática de florestação de terrenos baldios com arvore cortiça.

Portugal é, indiscutivelmente, a pátria do sobreiro, e a quantidade de produtos em cortiça produzidos no país ultrapassa metade da produção mundial. O cultivo de cortiça natural é realizado de acordo com regras desenvolvidas ao longo dos anos. A remoção da casca de cortiça do sobreiro é confiada apenas a trabalhadores muito experientes, o tempo de trabalho é cuidadosamente calculado para esta atividade, tendo em conta as condições meteorológicas. Os artigos em cortiça são impermeáveis à água e ao ar. A cortiça protege a árvore contra a perda de água, possui ação anti-bacteriana e microbiana, age contra flutuações térmicas, bem como contra incêndios que surgem frequentemente nas áreas de ocorrência.